sexta-feira, setembro 28, 2007

solidão, saudade, qq coisa queridos defuntos (mão morta)




diz-se que saudade será uma palavra exclusivamente portuguesa. não sei se cientistas americanos já o provaram. diz-se com orgulho. alguma alegria mesmo. “somos o povo da saudade”. não vou falar de identidade/alma (aborrece-me), salto uns quantos degraus no assunto. (paf).

de facto esta saudade (solidão?) terá sido (é) o motor de umas quantas obras que me são particularmente queridas (aqui e em muitos outros lados). mas foda-se... é assim qualquer coisa de muito pesado. a saudade/solidão são isso mesmo. um peso no peito (já vimos atrás que chega por vezes ao estômago). tristeza. melancolia. angústia (palavra particularmente pesada). daí para a demência tem sido um pulinho. (paf). preferia estar com a tribo do torresmo. o cardume dos peixinhos da horta (não Horta). ou mesmo o rebanho dos alegres. devia de haver uma vacina... não... uns comprimidos...

2 comentários:

purita disse...

nem toda a saudade � solid�o.
h� a saudade que � vontade.
h� a saudade que � desejo.
h� a saudade que � amizade.
mas � sempre a falta de alguma coisa...

PedraNoCharco disse...

Em espanhol nao existe a saudade, mas existe a expressão "hechar de menos" (sentir a falta), o para pessoas "Te he hechado de menos".... Como hecho de menos ...aos peixinhos da horta...

Welcome back friend