segunda-feira, novembro 24, 2008

RUÍNAS... quasequasequasequase... RUÍNAS




O segundo projecto documental intitula-se "Ruínas", em que Manuel Mozos explora a ideia de abandono, num sentido mais figurado, embora as filmagens se tenham centrado sobretudo em edifícios e estruturas.



"A ideia não é sobre ruínas, sobre coisas que estão caídas. Acabei por me concentrar em edifícios e estruturas, mas a ideia passava por coisas abandonadas, profissões, coisas fora de circulação", sublinhou o realizador.


Com uma carreira com mais de vinte anos dedicados ao cinema, em montagem, realização e escrita de argumento, Manuel Mozos fez ficções - como "Xavier", "Quando Troveja" e "4 Copas", curtas-metragens, telediscos e documentários, entre os quais "Cinema Português" (1997) e "Censura: alguns cortes" (1999).


Fonte: diário digital



música: CÁPSULA (dina duque, jorge nunes, vasco albergaria)

4 comentários:

Jazz Manel disse...

ruína é chic!!!

purita disse...

é boring!:)

corpo visível disse...

.
interessa-me a ideia de abandono.
.
ou melhor, as várias concepções do abandono.
.

Naked Lunch disse...

boring??? assim? há primeira? sem ver nem ouvir???? tsc tsc

sim... é mais abandono... "fantasmas"... passado... melancólico... saudosismos... é muito bonito, o documentário... foi muito bom, participar na banda sonora...