quarta-feira, setembro 03, 2008

memória por encontrar (numa banheira...)


... a foto foi "prenda", já antiga (tanto que não me recordo quem enviou...)... é uma boa foto... um escritor de fato claro e chapéu (um chapéu à velhote com chapéu...) com uma arma de fogo (comprida) apontada às torres gémeas... desconheço a fonte... a frase (do título) é de um outro escritor, mais dado a salamandras e textos de ficção científica que soam a kafka antes de kafka... checo... kapec...
paisagem sonora: um quarteto para voz, lata (coca-cola), garrafa (vidro, média) e saxofone (de cana)... o tema é demasiado longo para publicar por aqui... chama-se experiência para quarteto de voz, lata, garrafa e saxofone... loops em tempo real, sobrepostos... o quarteto poderá ser de uma única pessoa, captada em tempos e locais diferentes: a voz na idade média (norte de áfrica); a lata em madagáscar, anos 60 do século XX; a garrafa por NY, 2001 e, o saxofone, indiferente...

8 comentários:

merdinhas disse...

Gosto dessa tua prenda já antiga antes do regresso ao trabalho que se anuncia para amanhã...

merdinhas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Naked Lunch disse...

tu regressas... eu irei... grande abraço!

enitupsar disse...

Maybe something is not right... Wait a minute... There's no invisible man on the photo! That's it. There's no myself, anymore. I went away from the photograph. Hey, aren't photographs supposed to capture a unique time-frame? Fuck.

corpo visível disse...

.
a lata em madagáscar parece-me bem. agora um sax indiferente...
.

Naked Lunch disse...

e agora um clarinete idoso... em breve...

Naked Lunch disse...

rasputine... de volta?

Naked Lunch disse...

(e em forma... abraço...)